Futebol americano

Bola oval capacetes jogadores com armaduras é como assistir à batalha dos romanos gladiadores modernos o kickoff o retornador o running back ligeiro está a dançar à frente da defesa o Tom Brady o Julian Edelman o Rob Gronkowski as linhas as jardas o ataque avança a tática parece uma partida de xadrez o lançamento preciso o efeito a angústia da torcida o tempo congelado os gritos a festa a euforia o touchdown.

— P. R. Cunha

Partida de xadrez

Fim da tardinha. Luz amena. Um pequeno e simpático tabuleiro de madeira cuidadosamente polida por carpinteiros habilidosos, sessenta e quatro casinhas quadriculadas, trinta e duas peças esculpidas com esmero e capricho, dois jogadores civilizados, um vento brando a bater na testa desses gentis-homens, jogam sentados, ao silêncio, fazem apenas breves e indiferentes movimentos com os dedos — por que diabos, então, saímos de uma partida dessas transpirando, perturbados, decrépitos, como se tivéssemos lutado contra um exército invencível, ou atropelados por manadas de elefantes selvagens?

— P. R. Cunha