Asas do morcego

Se ainda prestamos atenção em Lichtenberger: que não conseguia desfazer-se da ideia de que estava morto antes de nascer, e que pela morte tornaria a voltar a esse mesmo estado ausente. 

Morrer e acordar com as lembranças da última existência, a isso chamamos desmaiar, escreve Lichtenberger. Porém, ao despertarmos sem memória, num outro corpo, com outros órgãos, dirão que um novo bebezinho nasceu.  

O mundo do teatro como representação em miniatura dessas realidades. Espetáculo de teatro que durasse duas horas e condensasse algumas das inquietações mais categóricas da espécie humana. 

Pequeno universo onde o autor entra em cena (nasce), movimenta-se, fala algumas coisas (vive), e depois retira-se do palco (morre). A plateia bate as palmas, o diretor (deus?) levanta-se para receber os louros, todos voltam para casa com a certeza de que aquilo que foi retratado durante a peça de teatro só aconteceu aos atores e às atrizes de teatro. 

A tragédia humana vista à distância, confortavelmente à distância, alguns até mastigavam pipoca. 

O casal que desliga a televisão depois de ver um gráfico a respeito do aumento de casos de divórcio. Eles se cobrem e garantem: ainda bem que isso nunca, nunca acontecerá connosco. 

Ou a guerra acompanhada pelos noticiários, sem derramamento de sangue (pelo menos do lado dos telespectadores). Guerra começa, desenrola-se, termina. Uma semana depois, é como se nada tivesse acontecido.

Enquanto abrimos a torneira do chuveiro e sentimos a água quente cair, enquanto acordamos e tomamos o café fresco, enquanto podemos regar a horta ao jardim, enquanto apertamos o controle da televisão e temos as certezas de que aquela cena é longínqua de mais para bater à nossa porta, enquanto o Drácula se esconde num castelo grotesco na Transilvânia e não amedronta outras regiões do mundo, enquanto essas miragens funcionarem, estaremos sãos e salvos.

— P. R. Cunha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s