Os netos estão a passar as férias com a avó

Fabrício e Miguel estão a passar as férias com a avó, Rosana. A avó insiste em dizer que não tem um neto predileto: gosta dos dois, do mesmo tanto. Certa madrugada, Miguel vai até à cozinha porque está com imensa sede. Ao acender a luz ele escuta um barulho que vem da sala — Rosana a fumar um cigarro. «Quem está aí?, é o Fabrício?», diz a voz rouca da avó. Miguel expira resignado: não, vovó, é o Miguel. «Ah…», balbucia Rosana. A senhora deseja alguma coisa da cozinha?, o neto pergunta. «Achei que fosse o Fabrício. Aliás, tinha a certeza de que era o Fabrício», insiste a avó.

— P. R. Cunha

3 thoughts on “Os netos estão a passar as férias com a avó

  1. Os avós tem um neto preferido, mas a cena não me pareceu ser de preferência. Rsrs Pode ter sido o ruído do andar. Talvez haja por parte do Fabrício o costume de ir à cozinha de madrugada.
    Imagino o qto é difícil construir uma cena para um livro, para um filme, etc.

    1. Querida Miau,

      Roland Barthes (que na minha humilde opinião foi um dos maiores romancistas do século XX [mesmo sem ter escrito um romance sequer]) costumava dizer que aquilo que o autor escolhia não dizer/mostrar era tão importante quanto o que ele escrevia de facto. E que dessa cadeia aberta de possibilidades surge um relacionamento promissor com os leitores, que participam ativamente da construção da cena.

      É lá uma hipótese deveras elegante.

      Muitos abraços,

      P.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s