Escrever, por vezes, é considerado um jogo de sorte ou infortúnio. O escritor, sem saber muito bem o que faz, tanto pode acertar como errar. Geralmente, ninguém pede contas dos erros que ele comete. Apenas deixam de lê-lo.

Pousada em Niterói. Grande cama ao centro. Varanda. Vista para um prédio à moda Stalin-URSS. Motocicletas buzinam na rua. Móveis modernos e escassos. Uma escrivaninha. Frigobar. Outono: Dia. ——— Um homem quando vem para Niterói é para aproveitar o que é bom e comer do superior. A destreza desta casa hospedeira encontra-se no seu excelente café da manhã, que é tomado perto de uma montanhosa reserva ecológica. Degusta-se o croissant com geleia de amora e os miquinhos vêm de longe a ver se capturam uma qualquer migalha. Esses simpáticos primatas sem dúvida trazem variedades ao petit déjeuner e impedem que esmoreça o meu apetite.

*

Primeiras caminhadas pelas ruas do município. Gosto de dar grandes passeios. Dedo no gatilho da câmera. Coisas dessas.

*

Bibi Lanches, rua Mariz e Barros. Mesa para quatro pessoas. Rapaz de vinte e poucos anos sentado à esquerda da mesa devora sanduíche de mortadela. Um sujeito de quase cinquenta anos, provavelmente o pai do rapaz, está sentado no canto direito e toma suco de acerola. O sujeito de quase cinquenta anos, vamos chamá-lo de Pai, ao falar, fá-lo diretamente para o rapaz, ou seja: Filho. O Filho nunca olha para o Pai — parece não estar muito interessado. O Filho mastiga o sanduíche de mortadela como se não se alimentasse há dias. O Pai ri. Tento escutar, para perceber a piada:

[…] e você vê como são as coisas, o Geraldo, talvez não se lembre dele, o Gera, de Santa Rosa, lembra?, caiu do sétimo andar. Estava consertando as persianas, algo assim, e despencou (gole no suco de acerola). E sobreviveu, ficou não sei quantos dias no hospital. Também pudera. Todo quebrado. Até que o médico, ou a enfermeira, não sei, alguém disse que ele estava para obter alta. (Outro gole no suco de acerola, o Pai levanta a mão, o garçom olha, o Pai depois aponta para o suco e faz mímica: está doce, o suco está doce.) A esposa do Gera, a Célia, você lembra dessa gente?, a Célia parece que levou uma maçã para comemorar. Uma maçã! O Gera mastigou a maçã, olha que história mais doida (ria-se), o Gera mastigou a maçã, veja bem, o sujeito que caiu do sétimo andar e sobrevivera, ele mastigou a maçã, engasgou com o diabo do caroço e morreu. Engasgado. O Gera. Você lembra? Geraldo, de Santa Rosa. Impressionante uma coisa dessa, inacreditável […]

*

Às vezes o Filho olhava para o Pai, mas definitivamente não dava a mínima. Às vezes eu também não dava a mínima para o meu pai — papai falava, falava, falava e eu não o escutava. E hoje, nesta cidade em que cada esquina me faz lembrar dele, sinto uma falta terrível dessas oportunidades perdidas. Daria qualquer coisa para poder escutá-lo novamente, a falar, a falar, a falar…

*

À tardinha, lanche com vovó na rua Moreira César. Não sou eu que bebo a bebida, é a bebida que me bebe — de um funcionário do café.

*

Se vivo numa pousada em Niterói, posso, quando à noite voltar para o quarto, fazer desenhos e esboços como se tivesse estado sabe Deus onde. Aqui, portanto, pratico a arte de viver no estrangeiro (porque a quase dois mil quilômetros de casa).

*

Segundo clichê. De alguma forma convenci-me (novamente) de que o Instagram faz-se necessário — banco de dados das minhas andanças niteroienses: instagram.com/pierre_cunha

IMG_1916


Texto e fotografia: P. R. Cunha (instagram.com/pierre_cunha)

Publicado por

P. R. Cunha

Escritor, fotógrafo & músico. Mora em Brasília e pretende ter em breve um cão chamado Sebald. Vencedor do Concurso Nacional de Literatura «Prêmio Cidade de Belo Horizonte» 2012, com o livro de contos «Quando termina», escrito em coautoria com Paulo Paniago. Atualmente, dedica-se ao manuscrito de «O tumulto das nuvens».

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s